Saúde Mental | Autocuidado

A importância de sempre manter uma atitude de gratidão

Conforme o mês de dezembro se aproxima, um ano muito difícil vai ficando para trás. Mas apesar de tudo, é preciso dar espaço ao sentimento de gratidão.

A Importância de Sempre Manter uma Atitude de Gratidão

2021 dispensa apresentações, foi um ano bastante difícil. Não estávamos preparados para a maior parte das coisas que enfrentamos. Muitos erros foram cometidos e todos pagamos um preço por isso.

O período do ano em que estamos normalmente é reservado para confraternizações, festas e um sentimento de expectativa pelo que vem a seguir.

Também é quando expressamos um sentimento de gratidão por mais um ciclo que se completa – esse é o espírito do natal, por exemplo.

Mas como encarar as festividades de fim de ano depois de um ano como 2021? Como expressar gratidão depois de ter nossa vida virada de cabeça para baixo durante 12 meses (de novo)? E não menos importante: como encontrar expectativas positivas para 2022?

Antes de responder essas perguntas, precisamos entender a verdadeira importância de se ter um coração grato e como isso faz bem.

Não é apenas uma questão de tradição, mas de saúde mental.

Gratidão: um santo remédio para a saúde mental

A gratidão é um sentimento extremamente poderoso em diferentes níveis e por uma variedade de razões. Um desses níveis é o psicológico, e uma das razões é que ela é incrivelmente benéfica.

Os efeitos da gratidão sobre a mente têm sido estudados há alguns anos. Os resultados indicam que ser grato faz bem não por um, mas por vários motivos:

Melhora a qualidade do sono

Um estudo de 2009, realizado com 401 pessoas, indicou que o sentimento de gratidão é diretamente responsável por melhorias na qualidade e na duração do sono.

Entre as pessoas entrevistadas, pelo menos 40% possuía algum tipo de distúrbio no sono antes do início da pesquisa. O resultado positivo indica que a gratidão poderia ser útil no combate à insônia.

Ajuda no combate à depressão e ansiedade

Um outro estudo, de 2008, analisou alunos universitários e chegou à conclusão de que uma mentalidade de gratidão ajuda a amenizar os sintomas de depressão e ansiedade.

Outra descoberta interessante, relatada no mesmo artigo, é que pessoas gratas tendem a receber maior apoio das pessoas que estão em volta.

Faz bem para o coração e ajuda na alimentação

Segundo a Associação Psicológica Americana, o sentimento de gratidão gerou melhora no quadro de pacientes com condições coronárias.

A pesquisa envolveu 186 pessoas, separadas em dois grupos: um foi orientado a escrever sobre as coisas pelas quais eram gratos, o outro grupo, não. Como resultado, os indicadores do primeiro grupo foram consistentemente melhores.

Nas palavras do Dr. Paul Mills, líder do estudo: “Parece que um coração mais grato é, de fato, um coração mais saudável, e registrar a gratidão em um diário é um jeito fácil de cuidar da saúde cardíaca”.

Segundo um experimento publicado em 2019, a gratidão estimula hábitos de alimentação mais saudáveis.

O estudo envolveu centenas de estudantes que tinham o objetivo de melhorar seus hábitos alimentares.

Esse grupo de jovens foi orientado a escrever em um diário as coisas pelas quais eram gratos. Os resultados positivos na qualidade da alimentação surgiram apenas uma semana depois do começo do experimento.

Outros benefícios de uma atitude de gratidão

As evidências não param por aí. Uma variedade de estudos aponta que as seguintes áreas também são beneficiadas quando a gratidão é praticada:

  • Felicidade;
  • Generosidade;
  • Bem-estar;
  • Relacionamentos;
  • Resiliência.

Segundo Ilene Rosenstein, psicóloga da Universidade do Sul da Califórnia, “pessoas que são gratas ficam menos irritadas, elas têm mais sentimentos positivos e, de certa forma, isso atrai outras pessoas.”

Quando você sente essas emoções positivas e as compartilha com alguém, ocorre uma conexão entre vocês, e isso fortalece os relacionamentos, diz a especialista.

Dois pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Berkeley, publicaram um importante estudo que documenta os benefícios da gratidão para pessoas que recebem atendimento psicoterapêutico.

Esses pacientes foram separados em três grupos: um que escreveu sobre as experiências positivas pelas quais eram gratos, outro que escreveu sobre as experiências negativas, e o terceiro, que não escreveu.

Quatro conclusões importantes foram obtidas pelos pesquisadores:

A gratidão nos liberta das emoções tóxicas

Os observadores observaram que as pessoas que escreveram sobre as coisas positivas usaram menos palavras relacionadas a sentimentos ruins.

O uso de menos palavras negativas, por sua vez, fez com que as pessoas desse grupo apresentassem um quadro mental mais saudável do que o observado nos outros grupos.

Talvez isso signifique que o processo de escrever um registro pessoal com gratidão produza saúde mental ao desviar a atenção de emoções tóxicas como inveja e ressentimento, dizem.

A gratidão ajuda mesmo que você não a compartilhe

No grupo das pessoas que escreveu com gratidão, apenas uma porcentagem pequena compartilhou o que tinham escrito com outras pessoas. A maioria não enviou o diário para ninguém.

Ainda assim, todos experimentaram os benefícios de ter uma perspectiva mais grata.

Isso indica que praticar a gratidão, mesmo sem envolver outras pessoas, já é suficiente para melhorar a qualidade de vida.

Os benefícios da gratidão levam tempo

O estudo concluiu que escrever com um espírito de gratidão definitivamente trouxe benefícios para a saúde mental, mas isso não aconteceu de imediato.

Segundo os pesquisadores, efeitos significativos foram observados na 4ª semana do estudo, se tornando ainda maiores na 12ª semana.

A conclusão é que a gratidão funciona mais efetivamente quando se torna um hábito, se tornando cada vez mais benéfica com o passar do tempo.

A gratidão tem efeitos permanentes no cérebro

Três meses após o início do experimento, as pessoas que escreveram sobre coisas gratificantes apresentaram uma atividade maior no cérebro ao sentirem gratidão.

Isso significa que esse sentimento tem efeitos positivos de prazo mais longo no cérebro. Ou seja, nossa mente se acostuma a expressar gratidão e se torna mais sensível a isso.

Como expressar gratidão em um momento tão difícil?

Embora os benefícios de ser grato sejam vários, isso não significa que é fácil abrigar esse sentimento em um momento tão conturbado como o atual.

O ressentimento, por exemplo, surge com muito mais facilidade.

Por essa razão, é necessário começar devagar. Uma boa maneira de fazer isso é treinando a mente para que ela observe o lado positivo de cada situação.

Expressar gratidão é um hábito, e, portanto, deve ser praticada para ser efetiva. Observe os seus arredores, que coisas agradáveis (por mais banais que sejam) você tem em volta de si?

Talvez seja um clima agradável, uma boa refeição ou um filme ou série que você poderá assistir mais tarde.

Nós podemos “ruminar” pensamentos negativos com uma facilidade tremenda. Quando se pegar fazendo isso, pense imediatamente em algo pelo qual é grato, por menor que seja. Não apenas rejeite os pensamentos negativos, substitua-os por pensamentos bons.

Se tiver dificuldade para pensar em algo, lembre-se que muitas coisas nós damos por garantidas e acabamos nem percebendo seu valor. Saúde, um lar e acesso à internet são alguns exemplos.

Mesmo que essas coisas não sejam perfeitas, foque-se naquilo que você tem em vez daquilo que ainda não possui. Outra opção é pensar em quantas coisas ruins poderiam acontecer e não aconteceram.

Apesar das dificuldades, há muito pelo qual ser grato.

Outra dica importante, é escrever sobre essas coisas que nos fazem gratos. Praticar a gratidão em pensamento é muito importante, mas quando registramos por escrito esses pensamentos (e também quando expressamos nossa gratidão a outras pessoas), acabamos por colher os benefícios de maneira mais intensa.

João Vitor Gomes dos Santos
João Vitor Gomes dos Santos

Estudante de Engenharia Mecânica, através da convivência na universidade se conscientizou da importância do bem-estar mental. Para promover e acessibilizar os cuidados com a mente, cofundou a PsyMeet. Convencido da importância da saúde mental para uma vida feliz, está sempre lendo, assistindo e ouvindo sobre o tema. Instagram @dosantosjv

Leia também:

O Que É o Transtorno de Adaptação?

03.12.2021 | João Vitor Santos

O Que É o Transtorno de Adaptação?

Conheça os sintomas, causas e tratamentos desse transtorno de ansiedade.

A Importância da Música Para a Saúde Mental

01.12.2021 | João Vitor Santos

A Importância da Música Para a Saúde Mental

Você sabia que as músicas que escuta podem melhorar seu humor e concentração, entre outas coisas? Confira agora todos os benefícios da música para sua mente!

O Que É Memória?

01.12.2021 | João Vitor Santos

O Que É Memória?

Saiba como funciona e porque ela é tão importante para a saúde mental.

logo do whatsapp

Responsável técnico

Alysson E. de C. Aquino

CRP: 08/20173

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida. Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.